Páginas

Poema de Lord Rochester (1647-1680)

Fosse eu (que por acaso levo o nome
Da rara e prodigiosa espécie: o Homem)
Livre para escolher meu próprio curso,
A carne certa e o sangue natural,
Queria ser Macaco, Cão ou Urso,
Tudo menos o fútil Animal,
Tão orgulhoso de ser Racional.

(Tradução de Augusto de Campos)

J.W Rochester

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails